A GRAMA DAS VANDALAS por Mauro Poma

  • Na capa: Saltos esqueléticos, trabalho gráfico de Alessandro Poma, coleção particular.
  • ISBN: 9788897382379
  • Páginas: 284
  • Preço da capa: € 19.00
  • Gênero: ficção científica
  • Ambiente: Turim
  • Você também pode encontrá-lo em Amazon.it e Libroco.it

 

 

Descrição

O indivíduo que se conformará completamente à sociedade em que vive será um indivíduo feliz, pois suas expectativas serão sempre atendidas.

No Turim de um futuro próximo, dominado por um conformismo não apenas aconselhado, mas quase imposto, a comissária Vera Clot é acusada de uma delicada investigação, após o desaparecimento de um profissional que tem ligações com o governo. Em um cenário social e econômico deprimente, vários grupos políticos antagônicos operam e encontram motivo e inspiração para confrontos amargos. A protagonista, ajudada por uma inspetora, sua amiga Jessica, e um estudante de teologia, Ugo, durante alguns dias terá que resolver uma série de quebra-cabeças para desvendar uma história distorcida entre um passado esquecido e um presente em levou com ele problemas de energia e ambientais não resolvidos. O leitor será transportado em uma viagem fantástica, idealmente tocando alguns dos locais artísticos mais fascinantes e conhecidos da cidade e seus arredores. A final, absolutamente imprevisível, será uma fonte de reflexão.

Mauro Poma

Mauro Poma nasceu em 1960. Casado e com dois filhos vive em Turim e trabalha em uma indústria de engenharia no primeiro cinturão da cidade. Em 2006, ele recebeu um diploma de bacharel em engenharia aeroespacial. Um amante de jardinagem, leitura e escrita, ele escreve textos para o teatro em seu tempo livre. Desde os anos 90 tem participado com histórias inéditas e romances em competições literárias, muitas vezes no campo da literatura de ficção científica, da qual às vezes é finalista. A grama dos vândalos (WLM 2018) é seu primeiro romance publicado.

Please follow and like us:
0

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A GRAMA DAS VANDALAS por Mauro Poma”