MULHERES DE VIAGEM por Silvana Adami

  • Na capa: detalhe da montanha russa de Silvana Adami, retrabalho fotográfico.
  • ISBN: 9788897382041
  • Páginas: 192 Preço de cobertura: € 14.00
  • Gênero: histórias temáticas femininas
  • Ambiente: Verona, Nova Iorque, Corleone
  • Você também pode encontrá-lo em Amazon.it e Libroco.it

 

Descrição

"Franca! Olhe para aquele perdedor naquele avião, você pode imaginar aqueles que têm que entrar? Esperamos que tenham feito um testamento!" Eu disse ao meu colega, enquanto a van do aeroporto Orio al Serio nos acompanhava até o avião que partia para Bakau, na Romênia. "Senhora", um homem que estava perto de nós interveio com uma voz resignada ", esse é o nosso avião". Quando comecei a ler Viajando por Silvana Adami, achei que não iria me fazer a seguinte pergunta: por que viajamos? Aqui, entre essas páginas, como nos romances de costa a costa mais bem sucedidos, Silvana nos obriga a repensar o significado de viajar. Aparentemente os protagonistas deste livro viajam a trabalho, turismo, para fugir, mas neste caso, como leitores, devemos pensar em que bagagem levaremos conosco e, sobretudo, se voltaremos mudados ou sempre o mesmo. A viagem torna-se assim um manequim em que o vestido da narração é colocado, que é costurado sobre os protagonistas das histórias. É o fio de Ariadne do labirinto da alma humana dessas histórias que transforma a paisagem e arrasta vidas ao extremo. A linguagem é direta, franca, com um ritmo premente. O leitor é tão cativado que quase esquece que está lendo palavras impressas em uma página em branco. A situação mudou: ele não está mais sentado e lendo, mas ouvindo. Os quatro protagonistas de Travel Women se materializam em nossa mente e começamos inexoravelmente a segui-los. Tomar partido, sofrer com eles, mas também rir. Eles se tornam amigos que nos preocupam. "Filo" regente de histórias de moda, ou melhor, de alfaiataria. Como se usasse agulha e linha, de fato, Silvana Adami, costura as histórias sobre seus protagonistas usando alfaiataria como uma metáfora para si, para a autodeterminação dos protagonistas. O leitor de Travel Women, no final do livro, sentirá nostalgia pelo que leu. Tenho certeza disso. Ele vai querer uma quinta história e vai se perguntar por que apenas quatro histórias e não cinco ou mais. Mas acima de tudo, acredito, ele saberá que a resposta à pergunta inicial é: "entender". É por isso que você viaja.

Silvana Adami

Silvana Adami nasceu na segunda metade dos anos sessenta e sempre viveu na província de Verona. Ele trabalha há muito tempo no mundo da moda, não na passarela brilhante, mas onde o vestido Made in Italy é projetado, projetado e construído em concreto. Ele fez sua estréia com Donne da corsa (Booksprint 2011) usando como um pseudônimo Francesca Amici. Donne da viaggio (WLM 2012) é sua segunda coleção de contos. Posteriormente, o ensaio Poohrenoi sai. Histórias reais de fãs (Sassoscritto 2013) e o romance As meninas fofas sempre têm um plano B (Sassoscritto 2013).

Please follow and like us:
0

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “MULHERES DE VIAGEM por Silvana Adami”